OUÇA! Pesquisa PB Agora/Datavox incomoda Milton Figueiredo e mostra parcialidade e incomodo do radialista com números favoráveis a Bruno Cunha Lima

17 nov 2023

O cenário político em Campina Grande tem sido marcado por debates acalorados e análises diversas sobre o desempenho dos candidatos. No entanto, um elemento tem chamado a atenção: a parcialidade do radialista Milton Figueiredo, cujas atitudes questionáveis vêm à tona especialmente quando os resultados de pesquisas eleitorais destacam o prefeito Bruno Cunha Lima (PSD).

Uma constante preocupação parece rondar o ânimo do radialista quando o nome de Bruno Cunha Lima, filiado ao PSD, é apontado como líder nas pesquisas. Notavelmente, quando os dados da pesquisa PBAgora/Datavox foram divulgados e apontaram um desempenho positivo para o prefeito, Milton Figueiredo demonstrou desconforto.

Durante entrevistas, é possível observar o empenho do radialista em desqualificar os resultados que colocam Bruno Cunha Lima em posição de destaque. O desconforto é evidente na pressa ao falar e nas tentativas de induzir o próprio dono do Instituto Datavox a comentar sobre outros institutos, em uma clara tentativa de minimizar os números favoráveis ao atual prefeito – fazendo do programa uma verdadeira saia justa.

O tom acelerado adotado por Milton Figueiredo para não falar dos números positivos da gestão Bruno deixa transparecer um certo desespero, sugerindo sua total parcialidade na sua análise dos fatos. Tal comportamento levanta questionamentos sobre a verdadeira motivação por trás da postura do radialista e se ela está de fato pautada na busca pela informação objetiva ou se há outros interesses em jogo.

A atitude de Milton Figueiredo, ao desqualificar sistematicamente resultados de pesquisas que não se alinham a seus interesses, suscita questionamentos sobre sua integridade jornalística e comprometimento com a verdade. Em um momento crucial para a cidade, onde as escolhas dos eleitores moldarão o futuro, é imperativo que a informação seja transmitida de maneira justa e imparcial.

Milton precisa tomar um chá de maracujá pois está bastante incomodado como trabalho do galego Bruno em CG