Servidor do governo da PB obtém poço artesiano para propriedade particulare agradece a secretário por ter atendido o seu pedido

8 mar 2024

Uma bomba estourou nos corredores do governo do estado da Paraíba, revelando uma suspeita prática de favoritismo e privilégio. O servidor com cargo comissionado, Kleber Cabral, teria solicitado ao secretário executivo de articulação política, João Paulo Freire, um poço artesiano para um sítio de sua propriedade particular. O mais chocante? Ele teria sido prontamente atendido.

Kleber, conhecido por ser Chefe de Torcida do Campinense e assessor do ex-deputado Moacir Rodrigues, além de ocupar um cargo comissionado na saúde estadual, teria expressado sua gratidão nos grupos de conversa e nas redes sociais pelo atendimento imediato de seu pedido.

O mais alarmante nesta história é que muitas comunidades no estado sofrem diariamente com a escassez de água, enfrentando longas filas e burocracias para conseguir um simples poço artesiano. Enquanto isso, parece que para Kleber, o processo foi incrivelmente rápido e sem complicações.

Esta revelação levanta sérias questões sobre o tratamento igualitário dos recursos públicos e a transparência dentro do governo do estado. Será que esta prática de favorecimento é mais comum do que imaginamos? E o que isso significa para as comunidades que lutam diariamente pela garantia de um recurso tão básico como água?

Fica a dúvida: quem mais está se beneficiando dessa rede de favores nos bastidores do governo?