Após Datavox esconder pesquisa realizada em Pedras de Fogo, Justiça eleitoral manda instituto apresentar resultado à coligação de Lucas Romão

13 nov 2020

A Justiça eleitoral concedeu acesso da coligação ‘Pedras de Fogo Avançando com Cidadania’ aos relatórios da pesquisa eleitoral PB-04034/2020, com todos os dados e números sobre a intenção de votos para a Prefeitura de Pedras de Fogo. A pesquisa deveria ter sido publicada desde o último sábado 07 de novembro de 2020, mas, o Instituto engavetou os dados e até a data de hoje (13.11) a pesquisa ainda não foi divulgada no site PB Agora (Contratante).

Sem contar ainda que a coleta de dados na cidade aconteceu no dia 03 de novembro, ou seja, há 10 dias.

A recente pesquisa do Instituto IMAPE divulgada pelo site Polêmica Paraíba apontou a liderança de Lucas Romão nas intenções de voto para prefeito de Pedras de Fogo.

Já no inicio do mês de outubro, a Datavox divulgada no mesmo site uma vantagem de Dr. Júnior.

Leia trecho do documento:

Defiro o pedido inicial para conceder a coligação ‘Pedras de Fogo Avançando com Cidadania’ acesso aos dados da pesquisa eleitoral registrada no PesqELE sob o número de identificação PB-04034/2020, eleição 2020, Pedras de Fogo-PB realizada pela Data Vox Pesquisa de Opinião Pública e Estatísticas LTDA. DATAVOX, devendo esta empresa em dois dias: Franquear acesso ao sistema interno de controle, verificação e fiscalização da coleta de dados da empresa em relação à pesquisa eleitoral incluídos os referentes à identificação dos entrevistadores, bem como o acesso ao relatório entregue ao solicitante da pesquisa e ao modelo do questionário aplicado para facilitar a conferência das informações divulgadas.

Veja a decisão na íntegra: